15 dicas para você dormir melhor no acampamento

15 dicas para você dormir melhor no acampamento

Grandes aventuras não precisam ser um sinônimo de noites sem dormir. Neste artigo você encontrará tudo o que precisa saber para dormir bem no seu próximo acampamento.

Tenho muitas lembranças de noites mal dormidas ao ar livre. Na minha primeira caminhada de vários dias, dormi em cima de pedras planas depois que a minha rede barata rasgou na primeira noite. Desventuras como essa viraram ótimas histórias — e todas as noites terríveis viraram lições inestimáveis.

Associei essa primeira caminhada ao sofrimento, mochilas pesadas, noites sem dormir, membros doloridos e a tortura das horas acordado encarando o teto da barraca até o nascer do sol. Mas agora eu sei que não precisa ser assim.

Dormir bem no acampamento pode ser, e deve ser, tão confortável quanto na sua cama em casa (ou até mais). Sua fuga para a natureza deve deixá-lo se sentindo restaurado, e não mais cansado!

O sistema de dormir mudou muito nos últimos anos, com os designers encontrando maneiras inovadoras de priorizar o conforto e o calor sem agregar mais peso ao conjunto de equipamentos.

Aqui neste texto está tudo o que eu gostaria de saber alguns anos atrás sobre como ter um sono perfeito em aventuras pequenas ou grandes, em climas variados. Com esses truques na manga, você também terá conforto onde quer que esteja — mesmo nas noites mais frias.

Sistema de Dormir Sea to Summit

1. Encontre o sistema de dormir certo para a situação

Quando se trata montar um sistema de dormir, recomendo o Localizador de Sistema de Dormir da Sea to Summit. Na minha experiência, ele é incrivelmente preciso — uma ferramenta muito útil para ajudá-lo a comprar o equipamento perfeito que irá servi-lo por muito tempo.

Mas se você prefere montar o seu próprio sistema de dormir, continue lendo!

2. Escolha um valor R que lhe atenda em 90% das situações

Usar o isolante térmico errado afetará significativamente a qualidade da sua noite de sono. Escolher um isolante com o valor R inferior ao necessário para uma situação de frio fará com que você tenha uma noite congelante e mal dormida, provavelmente.

Leve em conta as temperaturas noturnas dos lugares onde você costuma acampar – ou pretende acampar – e escolha um isolante térmico com um Valor R que lhe atenda em 90% destas situações. E no caso dos 10% restantes, que representam locais ou climas ainda mais frios, você pode usar outro isolante térmico com valor R maior ou apelar para a engenhosidade combinando dois isolantes térmicos diferentes para criar uma proteção mais efetiva, por exemplo.

Isolante Térmico Inflável Sea to Summit

O valor R (valor de resistência) é um indicador da capacidade do isolante térmico para impedir que seu calor seja perdido pelo contato com a temperatura mais fria do solo. Para minha jornada pelos Andes, com altitudes até 5300m, eu escolhi um isolante térmico inflável Comfort Light Insulated Air Sprung Cell. Ele tem dupla camada de células Air Sprung na área do torso, proporcionando ótimo conforto e isolamento, e uma camada única nas áreas da cabeça e dos pés, para reduzir o seu peso final. Ele tem um valor R de 3.7 (sob os novos testes ASTM F3340-18) e tem me atendido muito bem nas noites mais frias.

Dica quente: eu recomendo que você faça alguns testes com o seu isolante térmico inflável antes de usá-lo pra valer! Experimente o processo de encher, esvaziar e guardar o isolante térmico inflável para se adaptar ao uso dele.

3. Sacos de dormir versus Quilt

O ajuste confortável de um saco de dormir é uma coisa linda, eles prendem o calor e funcionam enquanto você rola e se move durante a noite. A desvantagem pode ser a presença de zíperes, que depois de algumas centenas de noites podem falhar. Então certifique-se de que seu saco de dormir tenha um zíper de qualidade. Outra desvantagem é o peso extra, como você entenderá a seguir.

Dormir pelado?

“Ouvi rumores de que dormir nu maximiza o calor no seu saco de dormir — mas acredito que eu teria congelado até a morte se fizesse isso nos Andes meses atrás…”

A vantagem do Quilt, uma espécie de “saco de domir aberto nas costas”, é que ele reduz o peso. Afinal de contas você não está carregando a metade do seu saco de dormir — a parte das costas que não existe no Quilt. Num saco de dormir comum a parte que fica embaixo do seu corpo perde a eficiência térmica quando você esmaga o enchimento do saco de dormir com o seu peso, já no Quilt essa parte não existe, então você não carrega um peso extra.

4. Enchimento do saco de dormir – plumas ou sintético?

Ambos têm suas vantagens e desvantagens. Em caminhadas ou viagens longas de bike, a capacidade de compressão e durabilidade são fatores importantes. Nestas situações eu prefiro sacos de dormir com enchimento de plumas por causa da alta compressão e do aquecimento. No entanto, na selva e áreas úmidas e encharcadas, a pluma pode não ser a melhor opção, pois ela é muito mais difícil secar e irá perder eficiência térmica e pode até mesmo mofar.

Na estação chuvosa do Peru, eu tenho optado por usar o sol da manhã para secar qualquer umidade dos meus equipamentos de pluma. E quando uma chuva mais forte bate, eu tenho a opção de ir para uma pousada barata e aproveitar isso para secar qualquer coisa que esteja molhada. Se a capacidade de compressão e o peso não são suas principais preocupações, um saco de dormir com enchimento sintético será uma escolha muito melhor para situações mais úmidas.

Como dormir bem no acampamento

5. Deixe seu saco de dormir mais quente

Existem momentos em que não existe opção, você precisará de um saco de dormir para temperaturas extremas, mas enquanto isso não acontece você pode fazer algumas adaptações no estilo MacGyver com o seu saco de dormir atual. Aqui estão algumas ideias inteligentes, para melhorar a faixa de temperatura de conforto do seu saco de dormir.

Liner para saco de dormir

Os liners podem adicionar alguns graus extras ao seu saco de dormir. Eles também mantêm seu saco de dormir mais limpo, o que significa que ele terá uma vida útil muito maior. Eu usei um liner Thermolite Reactor Extreme para melhorar um saco de dormir que eu já tinha — sem precisar comprar um saco de domir novo para aquela situação.

Mais camadas de roupas

Uma das maneiras mais simples de dormir bem é adicionar algumas camadas extras de roupa. Roupas extras podem ser a diferença entre tremer a noite toda e dormir confortavelmente. Camadas de lã, fleece ou plumas podem facilmente adicionar alguns graus extras. Não se esqueça de aquecer a cabeça com um bom gorro e usar luvas e meias para proteger as extremidades nas noites de clima mais frio.

Cobertor de emergência

Um cobertor reflexivo, daqueles aluminizados para emergência, pode ser a sua salvação durante uma noite muito fria. Eles trabalham prendendo todo o calor do corpo e refletindo-o de volta para você. A única questão é a condensação que se forma entre o saco e o cobertor de emergência, o que pode ser um grande problema dependendo do seu tipo de saco de dormir, ainda mais se você não tiver a oportunidade de secá-lo. Eles também podem ser colocados sob seu isolante térmico.

Grandes sacos de lixo

Em uma emergência, um grande saco de lixo pode fazer o mesmo papel do cobertor reflexivo. O benefício do saco de lixo é que você pode encontrá-lo quase em todos os lugares, e você pode usá-los dentro de seu saco de dormir como um forro improvisado – mas a condensação ainda poderá ser um problema.

6. Escolha o abrigo certo

Barraca, tarp, rede, bivaque — um verdaeiro labirinto confuso de opções para quem não está muito familiarizado com os esportes outdoor. Todos eles têm suas vantagens e desvantagens em relação ao peso, calor, conforto ou gosto pessoal.

Durma bem escolhendo o abrigo certo

Essencialmente, o que você precisa é um bom abrigo que bloqueie o vento, a chuva e os insetos. E isso pode ser uma barraca, uma rede ou um saco de bivaque. Um bom abrigo, adequado ao tipo de local e clima onde você irá acampar e um sistema de dormir bem escolhido são a base para uma boa noite de sono.

Dormindo bem ao acampar com uma rede

Na minha experiência acampando com redes, é essencial ter uma barreira bloqueando o vento gelado que flui na parte debaixo da rede. Um isolante térmico é perfeito para isso!

7. Saiba onde descansar sua cabeça após um dia de trilha

Um travesseiro de acampamento é uma maneira fantástica para aumentar o seu conforto. Especialmente em noites mais frias quando você poderia estar vestindo sua jaqueta de plumas, ao invés de usar ela como um travesseiro improvisado.

8. Vá para a cama quente

Coma uma refeição quente, remova as roupas molhadas logo depois de montar o acampamento, tome um “banho” (pode ser um banho de trilha) e vista roupas limpas. Tenha uma xícara de chá para aquecer as mãos e se achar necessário encha uma garrafa com água morna para colocar dentro do seu saco de dormir e ajudar a aquecer os pés durante a noite! Mas ao fazer isso tenha cuidado, não deixe a água esquentar demais, feche bem a garrafa e tenha certeza de que a temperatura da água não irá afetar a estrutura da garrafa se ela for de plástico.

Coma antes de dormir

Uma boa refeição, quente e saborosa, antes de dormir também cairá muito bem. Ela irá lhe ajudar a ter uma boa noite de sono e fornecerá a energia que seu corpo precisa para se recuperar.

9. Durma com o sol, acorde com o sol

Eu cortei o smartphone e a cafeína antes de dormir. Em vez de assistir filmes, eu optei por um Kindle. Eu leio até estar mergulhando na terra dos sonhos e assim durmo muito bem — provavelmente porque estou exausto.

Você pode encontrar a melhor solução para você, pode ser uma boa conversa com quem estiver na sua barraca ou na barraca ao lado, pode ser um livro, quem sabe desenhar aquela paisagem da trilha ou escrever no seu diário de caminhada. Relaxe e deixe o conforto tomar conta do seu abrigo. Ao poucos o sono aparece e quando você notar estará acordando com os pássaros fazendo barulho e o sol batendo no abrigo. Que noite boa, hein? Fiquei até com vontade de dormir agora!

10. Monte seu acampamento no lugar certo

Acampar no lugar errado é muito ruim – você pode ficar escorregando para fora do isolante térmico por causa do terreno inclinado ou rolando para evitar um graveto que está bem embaixo da sua barraca…

Tenha um pouco de paciência ao escolher o lugar onde seu abrigo será montado. Evite áreas abertas expostas, verifique o solo em busca de pedras ou gravetos, fuja das árvores com galhos mortos pendurados ou grandes frutas e use o terreno como uma proteção natural contra o vento – monte sua barraca atrás de um grande bloco de pedra ou moitas densas, assim eles servirão como barreira natural contra o vento.

Preste atenção onde o sol se põe e onde ele nasce! A luz da manhã batendo na barraca é um dos grandes milagres da vida outdoor – você acordará mais cedo e o seu dia de caminhada ou pedal renderá muito mais.

Escolha o lugar certo para acampar

11. Certifique-se de que você está seguro

A outra parte da equação para dormir bem ao ar livre é garantir que você está seguro.

Uma das muitas coisas que aprendi com bikepacking e acampamento selvagem é ter certeza que eu montei meu acampamento longe de olhares curiosos. Pela minha experiência, você deve ficar o mais longe possível da estrada. Invisível e discreto. Você não vai gostar de ter faróis iluminando sua barraca ou de carros parados ao redor com músicas altas, bebidas e pessoas gritando.

12. Se você precisa fazer xixi, faça xixi

Guarde minhas palavras: não segure a vontade de ir ao banheiro! Uma bexiga vazia, não importa o quão frio esteja lá fora, é melhor do que uma bexiga cheia e uma vontade louca de fazer xixi enquanto você só quer relaxar e dormir bem.

13. Poupe o seu fôlego

Para evitar umidade e ar quente dentro do meu isolante térmico inflável eu uso uma bomba de ar Jet Stream da Sea to Summit. Acho que ela faz um trabalho perfeito ao me permitir encher o isolante térmico com pouco esforço e sem adicionar umidade da minha respiração dentro dele.

14. Mantenha-se seco

Eu sempre armazeno meus sacos de dormir em sacos estanques com compressão quando estou trilhando ou viajando de bike. Isso garante que o meu saco de dormir de pluma estará protegido da umidade e ao mesmo tempo comprimido, o que otimiza o espaço disponível na minha mochila ou na bike.

Mas lembre-se, os sacos de compressão devem ser usados somente durante as viagens. Ao chegar em casa deixe o seu saco de dormir solto, nunca guarde ele comprimido. E se você não sabe o motivo disso vale a pena ler o texto com dicas sobre “como organizar melhor os seus equipamentos“.

Proteja seu equipamento para dormir melhor

Dica extra: pense bem nos equipamentos e no lugar

Para viagens longas através de várias zonas climáticas, encontre algo confortável nas faixas médias. Olhe para as diferenças de temperatura ao longo de sua viagem e esteja ciente do que esperar em suas noites mais quentes e frias. É fácil comprar camadas quentes extras em qualquer lugar do mundo, mas muitas vezes é difícil encontrar bons equipamentos em alguns lugares – os equipamentos mais técnicos para frio nem sempre são fáceis de achar.

15. Confie no seu equipamento de dormir

Invista em um bom sistema de dormir durável e confiável que irá lhe atender bem por anos (se ele for bem cuidado, é claro). Compre o melhor que puder pagar e pense no que irá lhe atender atualmente e também no futuro — um equipamento mais caro pode ser mais econômico no final das contas, principalmente se ele não precisar ser substituído por outro melhor depois de pouco tempo de uso.

Por Nathan North / Sea to Summit – com adaptações

2 Replies to “15 dicas para você dormir melhor no acampamento”

  1. Dicas muito importantes, isso ajuda a evitar que passe perrengues na natureza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *