Cuidados ao distribuir a carga na sua mochila

Cuidados ao distribuir a carga na sua mochila

Arrumar a mochila de forma correta – bem como ajustá-la – é uma das coisas básicas que os trekkers e mochileiros devem fazer para evitar o desconforto e as dores em longas trilhas ou viagens. Pensando em ajudar quem está começando no hiking e trekking nós produzimos um texto a partir de um material da Deuter que fala justamente sobre este assunto.

Basicamente existem 3 maneiras para distribuir a carga dentro da sua mochila: colocando o peso maior na parte debaixo, colocando o peso maior na parte de cima, ou centralizando o peso. Abaixo vamos falar um pouco mais sobre cada uma dessas opções e veremos qual delas é a melhor.

Concentrar o peso na parte inferior da mochila faz com que ela puxe o corpo para trás e a nossa reação natural é forçá-lo para frente para gerar o equilíbrio necessário durante a caminhada. O problema neste caso é que você caminha brigando contra o peso, fazendo um esforço extra para equilibrar as forças – a mochila lhe puxa para trás e você puxa o corpo para frente. Portanto, posicionar a carga deste modo não será nada confortável.

Peso demais na parte inferior da mochila
Peso demais concentrado na parte inferior da mochila afetando o equilíbrio

Nos terrenos mais leves – trilhas sem grandes desníveis ou mesmo planas – você pode colocar os equipamentos mais pesados no compartimento principal da mochila, próximo da altura dos ombros – mas nunca muito acima dos ombros. Note que esta opção irá aumentar o balanço da carga durante a caminhada, por isso ela só deve ser usada em trilhas mais planas.

Organizando o peso na mochila de trilha
Em terrenos mais planos é possível concentrar a carga próximo da área dos ombros, mas isso irá aumentar o balanço lateral da mochila durante a caminhada

Já nos terrenos mais íngremes ou acidentados posicione o material mais pesado no centro do compartimento principal da mochila, próximo ao costado. Isso aproxima a carga do centro de gravidade do corpo (que fica próximo do umbigo) e reduz o balanço da mochila.

Se você quiser escolher uma forma única para distribuir os equipamentos, independente do terreno, opte por colocar o peso maior sempre na parte central da mochila junto ao costado.

Carga colocada junto do costado na parte central da mochila
Com a carga maior no centro da mochila e junto ao costado, o balanço ao caminhar é reduzido. Esse é a melhor maneira para distribuir o peso dentro da sua mochila cargueira – independente do terreno.

Mas afinal de contas quais seriam os itens mais pesados?

A lista dos itens mais pesados pode variar muito de acordo com a atividade que está sendo praticada, local ou clima. Em um cenário geral, o saco de dormir, a barraca, a comida e a água costumam ser os vilões que mais agregam peso na sua mochila.

Como organizar esses itens na mochila?

Não existe uma regra única para organizar a sua mochila cargueira. Mas tenha sempre em mente dois pontos importantes: a distribuição correta da carga levando em conta o que vimos acima e a acessibilidade fácil aos itens importantes, isto é: kit de primeiros socorros, anorak, luvas, canivete, pequenos lanches, etc, Eles devem ficar em lugares da mochila onde o acesso seja rápido mesmo durante a caminhada.

Algumas pessoas colocam a barraca dobrada na parte inferior da mochila, outras preferem que ela fique dobrada dentro do compartimento principal, junto do costado. Este é apenas um exemplo das várias possibilidades de organização

No fundo da mochila coloque aqueles equipamentos que você não usará ao longo da caminhada, como por exemplo: saco de dormir, chinelos, liner, isolante inflável e afins – nada pesado demais. Este espaço também pode ser uma boa opção para colocar a sua barraca, preferencialmente dobrada e fora da embalagem de transporte dela. Já as varetas da barraca podem ser colocadas no compartimento principal da mochila, de pé, encostadas em um canto junto ao costado onde não irão sofrer danos facilmente.

Nem sempre você irá posicionar a sua reserva de água junto do costado, isso varia muito de caminhante para caminhante, já que nem todos gostam dos reservatórios de hidratação ou posicionam eles nos bolsos internos das mochilas. Se este for o seu caso, e se você for distribuir a sua água em múltiplas garrafas, procure equilibrar essa distribuição. Evite concentrar todas as garrafas no mesmo lado da mochila, por exemplo.

Uma dica importante: não pendure objetos do lado de fora da mochila. Equipamentos balançando atrapalham a movimentação e o equilíbrio. Barracas e isolantes térmicos atravessados do lado de fora da mochila podem agarrar na vegetação fechada e os sacos de lixo pendurados podem rasgar e espalhar a sujeira pelo caminho. Coisas assim só irão atrapalhar o seu desempenho e sua segurança durante a caminhada.

Outro ponto a ser levado em conta é a arrumação da mochila no momento em que você está saindo do local de acampamento. Muitas pessoas simplesmente arrumam a cargueira de qualquer jeito para agilizar a tarefa e evitar atrasos – não dê esse mole! Acorde antes e arrume tudo com calma ou deixe seus pertences parcialmente arrumados no dia anterior. Isso lhe permitirá ter mais cuidado com a organização da mochila e a distribuição da carga – o que lhe poupará um desgaste extra na caminhada de volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *